Beleza & Saúde
Ranger os dentes pode ser mais sério do que parece.
Por:
Alberto M. Danon

 ...Muita gente acorda indisposta, com dor de cabeça, dores nas mandíbulas e até um dente quebrado sem saber o motivo. Pergunta-se o que aconteceu e não obtém resposta.

 ...Um grande causador deste tipo de sintoma e que passa imperceptível à maioria das pessoas é o ranger e o apertar de dentes enquanto se dorme, denominado bruxismo noturno.

 ...Segundo a dentista Paula Veronesi, do Centro Integrado de Medicina e Odontologia Dominium Corpus, este problema é considerado um distúrbio do sono. "Fatores de estresse e ansiedade estão relacionados como causas deste problema que tem conseqüências dentais destruidoras ao longo da vida se não houver tratamento preventivo", alerta.

 ...A profissional explica que as pesquisas mais recentes mostram que o bruxismo não tem cura, apenas controle, sendo a maior incidência em pessoas de 30 a 45 anos, período que coincide com os anos mais produtivos da vida das pessoas e também o de maior estresse no trabalho.

 ..."O bruxismo tanto se caracteriza no ranger e aperto de dentes à noite, como ao longo dia, pela tensão cotidiana, denominado bruxismo diurno", explica Paula. De acordo ela, além do desgaste e eventuais fraturas dos dentes, este hábito pode ocasionar, desde dores de cabeça até distúrbios
na articulação da mandíbula e nos músculos envolvidos.

 ..."Hoje, o exame para determinar o diagnóstico desta disfunção é a polissonografia, que é realizada no período da noite estudando as fases do sono do indivíduo e observando como ele se comporta em relação à questão enquanto dorme", explica Paula.

 ...A dentista alerta também para o fator estético. "Devido a esta corrosão, há uma perda em altura dos dentes, prejudicando a beleza do sorriso; mas ele pode ser devolvido hoje por métodos modernos de restauração dental sem desgaste da estrutura", tranqüiliza Paula Veronezi.