O que vestir na entrevista de emprego?
23/02/2011 - Entrevista de emprego! O que vestir?

O que vestir na entrevista de emprego?

Entrevista de emprego! O que vestir?

A expressão "a primeira impressão é a que fica" é ainda mais verdadeira para quem está em busca de emprego. Além do jeito como o candidato se porta e fala de suas habilidades, a forma como ele se apresenta - como ele se veste - também é avaliada pelos recrutadores em uma entrevista. Alguns figurinos podem garantir uma impressão negativa imediata do entrevistado, ofuscando todas as qualidades profissionais que poderiam ser levadas em consideração. Que roupa, então, usar?

"É importante lembrar que as empresas adotam comportamentos e trajes de acordo com sua cultura interna e estes podem variar de uma para outra. Empresas multinacionais, porém, tendem a ser mais conservadoras no quesito avaliação do perfil visual dos candidatos no momento da entrevista", afirma o especialista. Por isso, é preciso todo o cuidado na hora de escolher o look.

Independentemente do cargo almejado e do tipo de empresa, alguns itens de roupas e acessórios devem ser evitados, como gorros, minissaias, camisetas estampadas e até sapato muito gasto. "Na maioria das empresas há um senso comum que diz o que deve ou não ser usado numa entrevista de emprego", explica Caiado.

Como não há uma segunda chance para causar boa impressão, o especialista em RH dá algumas dicas do que não se deve usar em uma entrevista, tanto para mulheres quanto para homens:

- Pasta de elástico com o seu currículo. No lugar, use uma maleta ou pasta-portfólio.

- Óculos de sol no alto da cabeça ou fones de ouvido no pescoço. Guarde qualquer aparelho que esteja usando.

- Roupas coloridas ou brilhantes, exceto em empresas informais.

- Roupas largas ou apertadas demais. Considere como um investimento pessoal comprar uma boa roupa para as entrevistas - e que seja do seu tamanho.

- Sapato inadequado. Nem pense em tênis, sandálias ou qualquer tipo de sapato aberto.

- Não exagere na loção pós-barba, perfume ou colônia. Lembre-se de que há pessoas que têm alergia a determinados aromas - o entrevistador pode ser uma delas.

- Cuidado com roupa nova. Retire todas as etiquetas e lembre-se de cortar o alinhavo que mantém os bolsos do paletó fechados.

- Evite piercings e tatuagens visíveis.

- Roupa amassada ou suada. Se necessário, tenha à mão outra camisa para a ocasião.

A consultora de moda Andréia Miron, personal stylist pessoal e profissional e pesquisadora da imagem e comportamento feminino / masculino, dá ainda mais dicas de vestuário para homens e mulheres que estão em busca de um emprego. Veja abaixo.

Dicas que fazem a diferença para mulheres

Quadril largo - use colares, lenços e decotes (pouco chamativos) para chamar a atenção para a parte de cima.

Pernas grossas - prefira roupas mais escuras, sempre no tom da saia.

Pernas finas - abuse de calças de cores claras e estampadas. Evite calças justas.

Busto grande - use blusas mais soltas, blazer de gola fina, sem muitos botões e enfeites.

Pouca estatura - não use roupas com detalhes horizontais de uma só cor. Não use cintos contrastantes. Escolha sapatos leves e delicados, sem saltos exagerados.

Muita estatura - não use uma só cor nas roupas. Abuse de acessórios grandes e cintos largos.

Mais gordinhas - prefira calças de corte reto e blazers na altura dos quadris. Não use ombreiras nem roupas com bolsos grandes próximos aos seios. Use apenas peças com listras verticais e estampas pequenas com fundo escuro. Cores escuras disfarçam o excesso de peso. Túnicas e camisões escondem a cintura e os quadris. Não use cintos.

Dicas que fazem a diferença para homens

Terno - não feche o último botão. O ideal é que a manga termine na ponta dos dedos.

Calça - deve chegar até a metade da altura do calcanhar do sapato.

Jeans - combina apenas com blaizer esportivo, em ambientes informais.

Meias - devem combinar com o conjunto de cores do vestuário. 

Andréia Miron
Prop. e Marketing, Moda e Criacão e Mestre em Educação, Arte e História da Cultura
Especialista em Propaganda e Marketing pela ESPM, Moda e Criacão pela Faculdade Santa Marcelina e Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2006). Consultora de Moda, pesquisadora da imagem (personal stylist
contato@andreiamiron.com.br